Home / Artigos / A Cruz não foi apenas um Palanque de Tortura, mas um Trono de Glória

A Cruz não foi apenas um Palanque de Tortura, mas um Trono de Glória

A cruz não foi apenas um palanque de tortura, mas um trono de glória. A cruz foi o palco onde se manifestou de forma singular tanto o amor como a justiça de Deus. Jesus estava suspenso no leito vertical da morte. Mesmo sendo cravejado por todas as setas da maldade humana, Jesus não revidou ultraje com ultraje.

Ele fez da cruz uma tribuna para proferir palavras benditas: palavras de perdão, de salvação e de vitória. Antes de render o seu espírito, Jesus deu um grande brado, dizendo: Está consumado! Essas palavras significam está pago! Jesus pagou na cruz o preço do seu resgate. Ele resgatou você do pecado e da morte. Ele verteu o seu sangue para comprar você para Deus.

Na cruz, Jesus triunfou sobre o diabo e expôs os principados e potestades ao desprezo. Jesus não morreu como um mártir. Ele não foi à cruz porque Judas o traiu por ganância nem porque Pilatos o condenou por covardia. Ele foi à cruz porque o Pai o entregou por amor e ele, voluntariamente, se ofereceu para morrer por nós para nos dar a vida eterna.

“Quando, pois, Jesus tomou o vinagre, disse: Está consumado! E, inclinando a cabeça, rendeu o espírito.”  (Jo 19:30)

Fonte: Guia-me / IBB News

Leave a Reply